QUEM CANTA, OS MALES ESPANTA!

Postado em 06 de maio de 2019

Você já observou que muitas pessoas quando estão alegres começam a cantar sozinhas? E outras quando querem se livrar de algum pensamento que não seja agradável começa a cantarolar?

Muitos acreditam que este hábito de muitos,  é algo sem importância, mas os estudos recentes demonstram que realmente o canto está ligado ao “bem estar interior”, ou seja, o ato de cantar melhora não só o nosso humor e nosso bem estar interior de forma genérica, mas de forma específica melhora os estados psicológicos e emocional de quem canta.

Quando nos remetemos à história da humanidade, nos deparamos com muitos povos que utilizavam a música na prática curativa. Outros se comunicavam com os deuses e com as forças da natureza através do canto.

No universo que vivenciamos desde o meio do século passado, a terapia através da música vem ganhando muito espaço. Ela é chamada de MUSICOTERAPIA, e ajuda na transformação de muitos estados que permeiam o interior de grande parte da humanidade, como a depressão, esquizofrenia e outros problemas de ordem física e emocional. Já existe até a NEUROMUSICOTERAPIA, que auxilia de forma significativa nos tratamentos de pacientes com o Mal de Parkinson e Alzheimer.

Como lazer e profissão, o canto traz muitos benefícios, e auxilia inclusive na percepção da respiração, do equilíbrio e principalmente no bem estar.

Hoje no Teatro o canto está cada vez mais presente. Atores cantores, que no passado existiam apenas nas óperas e nos musicais, agora se espalham por espetáculos musicados.  Além disso, muitos Atores começam a descobrir que cantar é possível sim! Que se falta “ouvido”, há técnicas que ajudam a descobrir e dominar a nota correta.

Hoje a maioria dos estudiosos afirmam que não existem “não cantores”, existem sim, aqueles que têm mais ou menos facilidade,  ou ainda, timbres mais raros e outros mais comuns, porém, todos podem cantar.

É o que vemos e o que acontece nos corais espalhados pelo mundo todo, dentro de Universidades, Empresas, Prefeituras e Clubes. Estes recebem participantes de todos os naipes e com diversas experiências vocais. Todos vão descobrindo notas, tempo, ritmo e partituras, e gradativamente passam por um processo de descoberta e certificação das referências que darão a segurança para cantarem cada vez mais afinados, e integrados no coletivo.

O neurologista Tarso Adoni, nos explica com propriedade o que ocorre no nosso corpo quando soltamos a voz. Vejam que o corpo vai sendo massageado com esta prática tão saudável.

No site “segredos para ser feliz”, Deise Aur nos apresenta 23 benefícios da prática de cantar. Eles são:

1. Libera os hormônios do bem-estar

Cantar contribui para a liberação de endorfina, o hormônio responsável pela sensação de euforia e prazer, e da oxitocina, conhecida como o hormônio do amor. Estas substâncias propiciam um estado de bem-estar em nós.

2. Beneficia a capacidade cognitiva

Cantar pode melhorar as sinapses e funções cognitivas do cérebro contribuindo para pensarmos com mais lucidez e clareza.

3. Melhora a saúde

Estudos feitos com pessoas pertencentes a corais musicais constatou que cantar ajuda a melhorar a saúde e a expectativa de vida.

4. Diminui a pressão arterial

O efeito calmante do cantar ajuda a reduzir a pressão sanguínea.

5. Fortalece os músculos do abdômen e da face

Cantar movimenta o diafragma ajudando a fortalecer o abdômen, os músculos das costas e da face ajudando a tonificá-los.

6. Desenvolve a empatia

empatia pode ser aumentada com o ato de cantar. Cantando vários tipos de músicas e em várias ocasiões congregamos com outras culturase pessoas.

7. Ajuda a sermos mais expressivos

O canto é um ato de expressividade, ao cantar expressamos sentimentos, emoções e ideias, com criatividade e o jeito de cantar de cada indivíduo.

8. Desenvolve nosso senso de comunidade

Cantar em coral ou com outras pessoas, além de ser divertido, nos ajuda a sociabilizar e confraternizar em comunidade através da música e do canto.

9. Melhora o estado dos pacientes com doença de Parkinson

Estudos médicos indicaram que o canto pode ajudar na melhora da saúde de pacientes com doença de Parkinson, beneficiando a fala, a deglutição, a coordenação e o equilíbrio.

10. Exercita a memória

Para cantar precisamos saber a letra da música e por isso cantar é uma boa maneira de treinar a memória e manter o cérebro ativo.

11. Beneficia o sistema imunológico

O canto diminui os níveis de cortisol e, por consequência, o estresse e a ansiedade, tendo um efeito positivo sobre o sistema imunológico.

12. É uma atividade terapêutica para idosos, deficientes e doentes

O canto pode ser utilizado como terapia complementar para ajudar na melhora do estado de saúde de idosos, deficientes e doentes em geral. Cantar estimula importantes áreas do corpo, como: pulmões, cérebro, garganta, músculos e mente.

13. Auxilia a previnir o ronco e a apneia do sono

Especialistas médicos acreditam que o canto pode fortalecer os músculos da garganta e do palato, o que ajuda tratar o ronco e a apneia do sono.

14. Ajuda a ter amigos

Podemos compartilhar momentos de cantoria com outras pessoas ampliando nosso circulo de amizade.

15. Melhora a comunicação. É educativa

Vários educadores, métodos pedagógicos e sistemas de educação se valem do canto e da música para ensinar várias disciplinas. A música, desde a infância, é tão importante quanto aprender a ler e escrever e contribui para o desenvolvimento da fala.

16. Alivia a ansiedade

Cantar nos ajuda a desligar das tensões do dia a dia e a sair do estado de alerta que produz adrenalina gerando estresse e ansiedade, por isso cantar ajuda a relaxar.

17. Libera as emoções presas

Ao cantar sentimos a canção e liberamos emoções contidas, dessa forma podemos reconhecer em nós emoções e lembranças guardadas em nossa memória.

18. Melhora a autoestima

Ao nos encorajarmos a cantar superamos complexos e medos de nos expôr e vencemos também a timidez e a vergonha dos outros.

19. Estimula a sensibilidade

Cantar ativa nossa sensibilidade ao sermos tocados pela melodias e letras que ouvimos. Quanto mais refinadas e de qualidade as músicas forem, melhor para nossa sensibilidade.

20. Exercita as cordas vocais e melhora a articulação da fala

Para vocalizar as palavras de uma forma melodiosa exercitamos nossas cordas vocais e articulamos nossa fala e sua sonoridade, enfim cantar é um bom exercício para verbalizamos melhor.

21. Ajuda a respirar melhor

Quando cantamos, precisamos respirar de forma mais profunda e regulada à cada pausa da música. Cantando massageamos o diafragma, que se contrai ao inspirar e se solta ao expirar, movimentado de forma regulada os nossos pulmões.

22. É um bom lazer

Cantar pode ser uma ótima opção de lazer e hobby, ajudando a sair da rotina e ainda proporcionar prazer e satisfação por cantar.

23. Em suma: cantar mais ajuda a sofrer menos

Festas musicais, brincadeiras cantantes, karaokês com a família e os amigos ou até cantar sozinho uma canção que gosta, são formas de promovermos a alegria e momentos de satisfação em nossas vidas. Repertório musical não irá faltar: samba, ópera, sertanejo, rock, pagode, axé, bossa-nova, hip-hop, romântica, gospel e outras.

Por todos estes benefícios, sugerimos que você comece a cantar o quanto puder. Não importa onde e nem o gênero de música.

Aos quer tem vontade de iniciar um trabalho de formação no canto, temos na RECRIARTE cursos muito especiais de canto individual e coletivo. Trabalhamos com diversos professores de alto nível e o melhor, por um valor e uma condição acima de qualquer valor aplicado no mercado de aulas de canto.

Temos trabalhos de canto específico para o palco e para o treinamento de Atores, além do canto popular, lírico e contemporâneo personalizado.

Se você ficou com vontade de cantar e de aprender, marque uma aula totalmente gratuita para conhecer nosso método e nossos profissionais.

E se você está numa Cidade ou Estado longe da RECRIARTE, procure os corais da sua Cidade. A maior parte deles  é gratuita e garantimos que você transformará seus dias, em melhores e mais felizes, porque como diz o ditado popular: “QUEM CANTA, SEUS MALES ESPANTA!”

Gabriel Veiga Catellani
maio 2019