O TEATRO AJUDA A VIVER MELHOR?

Postado em 08 de agosto de 2018

A maioria das pessoas que veem as turmas de Teatro livres para iniciantes cheias, normalmente pensam que são aspirantes a atores que são vocacionados para subirem aos palcos e mostrarem o seu talento.

Ao pensar assim, muitos aspirantes a alunos de Teatro desistem porque não querem se expor como atores e nem tem esta aspiração de carreira, ou porque já tem uma profissão, ou porque não é este o seu objetivo de vida. Na verdade só gostariam de ter essa experiência por prazer, por lazer ou para se soltarem mais e ampliarem a possibilidade de comunicação e de integração social.

O que a maioria não sabe, é que o Teatro nasceu com a própria constituição do homem como conhecemos hoje e foi a primeira forma de expressão quando nossos ancestrais se reuniam nas cavernas, ou em volta de uma fogueira, mesmo sem um vocabulário articulado, sempre buscando com sua expressão corporal e com sons diversos, contar uns aos outros como foi o seu dia e tudo o que aconteceu de forma marcante na sua trajetória pessoal. Isso era Teatro puro, na sua essência.

É sabido que o homem é um ser social, ou seja, nós só nos constituímos como humanos através do outro. Se não temos humanos para observar e para nos espelharmos, não nos tornamos “humanos”.

O filósofo e estadista franco-suíço Jean-Jacques Rousseau (1712-1778), cita os relatos de quatro crianças descobertas na idade média e que não apresentavam nenhum sinal de razão. Viviam como os bichos que com elas conviviam e que nada se assemelhavam a qualquer humano.

O caso mais famoso e que vale a pena vocês buscarem mais informações nas redes sociais, é o dos “meninos-lobos” encontrados na Índia em 1911, que nunca chegaram de fato ao estado de “socialização com humanos”, mantendo-se quadrúpedes e como animais, porque não tinham a referência do outro humano, para sua constituição como indivíduo. Esta é uma prova concreta e científica que nos confirma a tese, d que o que nos torna “humanos” é a convivência e a comunicação com outro humano e o que nos torna mais “completos” como humanos, está na condição de ampliarmos ao máximo a convivência com outras pessoas.

Neste sentido o Teatro é um grande aliado, porque através dos cursos livres para iniciantes trabalha exatamente a possibilidade de uma comunicação ampla, da improvisação sem medo de errar e mais que isso, do desbloqueio para que o aluno se mostre, se descubra e para que assim, divida com outros o seu interior, os seus talentos, os seus sentimentos, as suas ideias e sua potencialidade como indivíduo.

Hoje as pesquisas demonstram que a maioria dos alunos de cursos de Teatro livre no mundo, não fazem as aulas para serem atores, mas para terem uma experiência lúdica, atraente e principalmente comunicativa.

Os relatos da maioria dos alunos de todas as idades (porque há cursos para alunos mirins a partir de 3 anos de idade até a idade madura), apontam para a importância de todos terem uma experiência teatra que os auxiliará no dia a dia, quer seja no sentido do bem-estar, quer seja no sentido de uma comunicação mais ampla e que sempre gera resultados significativos.

No universo corporativo e acadêmico, a utilização do Teatro é cada vez maior, quer seja para treinamentos com objetivos específicos, quer seja para gerar bem-estar e integração entre as Equipes de trabalho.

As organizações mundiais de saúde já oficializaram a importância de estratégias comunicacionais e lúdicas de médicos, enfermeiros e voluntários junto aos pacientes, o que auxilia em muito a qualidade de vida e o suporte para uma melhora mais rápida e para um bem-estar diferenciado.

Sempre dizemos aos alunos que participam de uma aula experimental, que o mais difícil ele já fez, que foi ter a coragem de vir até o local onde são ministradas as aulas e se propor a vivenciar uma aula, mesmo que seja apenas para observar, até sentir-se seguro para interagir com os outros participantes.

O segredo está em não forçar o aluno a participar de qualquer exercício ou dinâmica que não seja confortável, através da aplicação de métodos qualificados, que estimulem a participação espontânea e prazerosa. É o que acontece com o método exclusivo da RECRIARTE, o “Método Interself”, que estimula o aluno em sala de aula, de uma forma inovadora e muito natural e espontânea. Este método exclusivo já ultrapassou as fronteiras do Brasil e hoje é aplicado em vários outros países, inclusive europeus. Lembre sempre que uma boa aula de Teatro tem que acontecer através de estímulos e do impulso do próprio aluno em participar.

É claro que uma boa Escola de formação teatral, que tenha um verdadeiro método de ensino ( o que leva pelo menos duas décadas para ser comprovado cientificamente), criará estímulos que induzirão o aluno ao que chamamos de “jogos teatrais”, sem qualquer pressão ou sofrimento. Ao contrario, o aluno a cada aula se sente mais livre, mais dono de si, mais seguro e principalmente, mais feliz.

Os alunos vêm de todas as áreas, quer sejam estudantes e profissionais liberais como médicos, advogados, engenheiros, empresários, , profissionais técnicos, professores, e tantos outros, que encontram num curso de Teatro livre, um estímulo para melhorar a sua qualidade de vida e a sua performance junto ao seu meio social, junto aos seus relacionamentos e também , junto ao seu universo de trabalho e lazer.

Se você gostou do que leu e nunca teve uma experiência como esta, não deixe de tentar. A RECRIARTE oferece uma aula experimental totalmente gratuita em todos os seus cursos, para que o interessado tenha uma experiência pessoal única, e assim conheça e perceba o quanto é bom poder participar de um curso voltado para a Arte e a Comunicação.
É só ligar e marcar sua aula experimental gratuita, para todas as idades, em qualquer das nossas Unidades, através da nossa central de atendimento.

Como disse o grande Ator francês “Jean Barrault”:
“O Teatro é o primeiro soro que o homem inventou para se proteger da doença da angústia.”

Então, bora Teatrar!!!